Nossa solução para o lixo

Somos diferentes dos empresas de gestão de resíduos tradicionais, pois focamos em uma ampla variedade de tipos de resíduos que normalmente não são recicláveis ​​localmente.

O processo começa com nossa equipe de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) - cientistas e especialistas internos em aplicação de materiais, que trabalham com nossos vários escritórios locais e em colaboração com universidades - que analisam os tipos de resíduos para determinar a maneira correta de processá-los e transformá-los em novos produtos. Este processo inclui como fragmentar os resíduos, separá-los em diferentes categorias e, em seguida, reciclá-los para serem reintroduzidos na cadeia produtiva.

Assim que a etapa de P&D estiver concluída e um programa de reciclagem estiver ativo, nossa equipe de Operações constrói uma cadeia ativa para coleta, classificação, reciclagem e destinação final. Para ficar à frente das inovações em embalagens e utilizar as melhores tecnologias disponíveis no mercado, utilizamos uma ampla rede de parceiros capacitados em logística, separação e processamento para implementar as soluções desenvolvidas pela TerraCycle.

P&D E REVISÃO REGULATÓRIA

A TerraCycle faz um extenso trabalho fundamental para avaliar os materiais que planejamos receber e reciclar:

  • Regulatório: revisamos a legislação local, regional e nacional para confirmar como cada item da lista de resíduos aceitos pode ser coletado, enviado e/ou armazenado com segurança em cada país.
  • Reciclabilidade técnica: avaliamos a composição dos resíduos aceitos para determinar como o material precisa ser separado, processado e transformado em uma matéria-prima de qualidade para fabricação de produtos reciclados.
  • Reciclagem prática: Nós nos baseamos em fatores do mundo real (por exemplo: níveis de contaminação ou limitações do fornecedor e equipamento) para confirmar que temos uma cadeia viável de reciclagem.

A Sede Global de P&D da TerraCycle está localizada na Rutgers University EcoComplex, um centro de pesquisa para as indústrias ambientais e de energia renovável, nos Estados Unidos.

RECEBIMENTO E REGISTRO

As remessas são enviadas para os Centros de Recuperação de Resíduos (CRR) da TerraCycle, que estão sempre localizados no mesmo país de origem dos materiais. Atualmente a TerraCycle opera em 21 países e conta com 35 Centros de Recuperação de Resíduos em todo o mundo.

Quando uma remessa chega ao CRR TerraCycle, ela é registrada, pesada e inspecionada visualmente para identificar qualquer tipo de contaminação.

CRR's TerraCycle são locais especializados que recebem resíduos, registram dados, separam manualmente materiais diferentes (quando aplicável) e agregam materiais para reciclagem.

SEPARAÇÃO E AGREGAÇÃO

Separamos os resíduos com base nas características e composição do material e, em seguida, agregamos os semelhantes para atingir limites de volume mínimo para processamento.

A TerraCycle utiliza uma variedade de tecnologias de separação, como separação manual, separação por tamanho, densidade do material, óptica, densidade do ar, gravidade, magnética e muito mais a fim de encaminhar o material para o manuseio e processamento adequado. A TerraCycle evita a transformação de resíduos em energia e não utiliza essa solução para resíduos os quais conseguimos garantir a reciclabilidade. A TerraCycle utiliza apenas a conversão de energia em casos específicos, como quando um resíduo deve ter esta destinação final devido a legislações vigentes no país (por exemplo resíduos de serviços de saúde perigosos originados em hospitais).

Essas imagens, tiradas em um dos CRRs da TerraCycle pelo mundo, mostram os membros da equipe consolidando os materiais recém separados em fardos, big bags ou gaylords, deixando-os preparados para o envio ao processamento.

LAVAGEM E PROCESSAMENTO

Os diferentes tipos de materiais são lavados (quando necessário) e, em seguida, enviados para parceiros de processamento que reciclam os resíduos transformando-os em matérias primas recicladas.

Por exemplo, metais e alumínio são triturados e fundidos em folhas de metal, lingotes ou barras. O vidro é esmagado e derretido para ser usado em novas garrafas de vidro (se transparente) ou em aplicações de tijolo, cimento ou concreto (se colorido). A borracha geralmente passa pelo processo de cryo-milling ao congelar o material para depois reduzi-lo de tamanho, chegando ao estado de pó para aplicações em pisos. Os orgânicos são compostados ou usados ​​em fertilizantes industriais e comerciais.

Os plásticos são a maior categoria de material que coletamos por meio de nossos programas. Esses resíduos plásticos são reduzidos em tamanho (tornam-se menores ao serem triturados ou moídos) e, em seguida, derretidos e transformados em pellets, flocos ou pó.

Nós acompanhamos e controlamos de perto a movimentação dos materiais em cada parte do processo de reciclagem, mantendo sua rastreabilidade, o que nos permite confirmar para onde cada item foi enviado e por quê.

Membros da equipe TerraCycle preparando material para reciclagem. A TerraCycle trabalha com uma rede de parceiros estratégicos (pré-qualificados e integrados por nossa equipe de Operações) para garantir que todos os resíduos sejam processados.

PRODUTOS RECICLADOS

Depois de garantirmos que os resíduos sejam reciclados e transformados em matéria-prima, eles são encaminhados para empresas de manufatura que fabricam produtos finais, completando a jornada da reciclagem. Esses produtos finais podem incluir móveis para exteriores e decks, pallets de transporte de plástico, regadores, recipientes para armazenamento e lixeiras, tubos para aplicações em construção, ladrilhos, pisos emborrachados para atletismo, playgrounds e muito mais.

Bancos, playgrounds e canteiros de jardim são alguns dos muitos produtos finais que podem ser fabricados com materiais reciclados coletados por meio de nossos programas.

NOSSO PONTO DE VISTA SOBRE SOLUÇÃO DE RESÍDUOS

A TerraCycle usa reciclagem mecânica ou química?

De maneira geral, a TerraCycle utiliza soluções que garantem não apenas a reciclabilidade técnica, mas também reciclabilidade prática. Reciclagem técnica é a capacidade de converter o material em um formato viável apenas em um laboratório ou ambiente de demonstração. Não leva em consideração a viabilidade econômica, mas é um pré-requisito para a reciclabilidade prática. O que cria reciclabilidade prática para um tipo de resíduo específico é se empresas de reciclagem podem reciclá-lo de forma lucrativa.

Os recicladores são normalmente empresas com fins lucrativos e, portanto, se concentram na reciclagem de resíduos com os quais podem lucrar. Para a maioria dos produtos e embalagens, o custo para coleta e processamento é normalmente maior do que o valor do material reciclado resultante do processo - então, embora sejam tecnicamente recicláveis, eles não são reciclados em grande escala. É por isso que a TerraCycle criou uma abordagem alternativa para resolver esse problema.

A reciclagem mecânica ocorre de forma que os itens descartados são recuperados e convertidos em materiais utilizáveis, quebrando sua composição e transformando-os em algo novo. É assim que a maioria dos resíduos coletados pelo TerraCycle é processada. Atualmente, este método é a maneira ideal de garantir a reciclagem prática em escala.

Reciclagem química é um termo abrangente para vários processos que alteram quimicamente os plásticos para prepará-los para processamento, seja por aplicar calor, esgotar o oxigênio, usar solvólise ou por meio de outros métodos. A TerraCycle usa soluções de reciclagem de produtos químicos hoje em aplicações selecionadas, e fizemos grandes investimentos em P&D para avaliar soluções adicionais de reciclagem de produtos químicos. Não buscamos métodos de reciclagem química que transformem plástico em combustível ou energia.

NOSSO PONTO DE VISTA SOBRE SOLUCIONAR A CRISE DO LIXO

Em um mundo ideal, TerraCycle não existiria. Nossos programas são uma resposta ao problema do lixo que vem crescendo desde a década de 1950.

Trabalhamos em conjunto com nossos parceiros para reciclar seus produtos e embalagens, integrar material reciclado nos processo produtivo desses itens, projetá-los para serem recicláveis e oferecer opções de reutilização por meio do Loop. Nosso objetivo é eliminar a necessidade de programas de reciclagem da TerraCycle, ajudando as empresas a tornar seus produtos e embalagens reutilizáveis ou recicláveis localmente.

Nossa abordagem normalmente começa com produtos lineares (aqueles que são normalmente descartados no final da vida útil e não têm opções locais de reciclagem disponíveis) e criar uma forma de coletá-los e reciclá-los. Os itens tradicionalmente não recicláveis não são recicláveis localmente, pois normalmente custam mais para coletar e processar do que a matéria-prima reciclada resultante vale ao final do processo. Para resolver esse desequilíbrio, fazemos parceria com várias partes interessadas, por exemplo, fabricantes, varejistas, municípios e indivíduos para cobrir o custo de coletar esses resíduos e processá-los, uma vez que a matéria-prima resultante vale menos que esse custo. A partir daí, trabalhamos com nossos parceiros para ajudá-los a criar produtos recicláveis localmente, integrar conteúdo reciclado em seus produtos e, finalmente, avançar em direção a soluções mais circulares por meio de reutilização e redução.

Não há "solução mágica" para resolver a crise de resíduos, exceto comprar menos. Muitos interessados precisam trabalhar juntos para encontrar soluções práticas e significativas. Em um esforço para fazer isso, temos assento no conselho do Product Stewardship Institute (PSI); participamos e presidimos os comitês sobre economia circular do Fórum Econômico Mundial, a Fundação Ellen MacArthur; e apoiamos organizações locais, nacionais e globais em tópicos como o desenvolvimento da responsabilidade estendida do produtor. Somos membros dos Plastics Pacts dos EUA, Reino Unido, Canadá e Nova Zelândia, membro do Conselho Consultivo para Sustentabilidade em Embalagens, da Ocean Plastics Leadership Network e muito mais.

Enquanto o progresso está sendo feito nestes altos níveis, ainda há muito que cada um de nós pode fazer diariamente. Antes de comprar algo novo, considere se há algo que você poderia reutilizar ou reaproveitar. Tente apoiar empresas que promovam a circularidade: por exemplo, marcas que oferecem soluções sustentáveis para seu produto ou embalagem. Quanto mais pensarmos no resíduo como um recurso, mais perto estaremos de eliminar a ideia de lixo.